quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Links da semana XX

(Está virando quase links do mês)

- Gifs: Folclore

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Qual a diferença do feminismo negro ao feminismo que vocês conhecem?

Há tempos atrás vi um texto compartilhado no facebook, publicado por Alice Guedes, e por achá-lo tão necessário, quis multiplicar aqui como forma de questionamento ao liberalismo e introdução a um debate sobre as mulheres negras no feminismo. 
Entrelaçado a isso, recentemente ouvi uma pessoa contestar a necessidade da realização de um evento voltado para mulheres negras por considerar um espaço excludente às mulheres brancas.
Estamos em 2017 e ainda temos que justificar e relembrar que, assim como gênero, raça também é uma opressão estrutural, o quanto mulheres brancas e negras ocupam lugares diferentes em nossa sociedade e as tamanhas desigualdades ocasionadas pelo racismo. E as vezes cansa ser didática porque certos comentários parecem ser apenas desonestidade intelectual.
É sabido que, dentro da hierarquia de gênero, as mulheres estão submetidas à opressão masculina. Mas historicamente, brancas têm privilégios de cor. Por isso, para desenhar algumas dessas diferenças, vamos ao texto de Alice:

FEMINISMO BRANCO:
Luta por uma igualdade salarial em relação ao homem
FEMINISMO NEGRO:
Luta por uma igualdade salarial em relação a uma mulher branca

FEMINISMO BRANCO: 
Lutam para se desprender dos cosméticos e se amarem sem essa pressão estética
FEMINISMO NEGRO:
Lutam para terem mulheres negras aliadas a marcas de cosméticos. Lutam para terem produtos específicos para sua pele sendo comercializados

FEMINISMO BRANCO:
Luta contra a pressão de ter um relacionamento fechado, podendo decidir ter um aberto se quiser
FEMINISMO NEGRO:
Luta para ter um relacionamento

FEMINISMO BRANCO:
Lutaram para conseguir ter o direito ao trabalho
FEMINISMO NEGRO:
Sempre trabalharam. Sempre tiverem que trabalhar. Forçadas. Escravizadas.

FEMINISMO BRANCO:
Luta para ter os mesmos direitos sociais que um homem
FEMINISMO NEGRO:
Luta para ter os mesmos direitos sociais que uma mulher branca

FEMINISMO BRANCO:
Luta para que sua voz seja ouvida no meio de homens que a silenciam
FEMINISMO NEGRO:
Luta para que sua voz seja ouvida no meio de mulheres brancas que a silenciam

FEMINISMO BRANCO:
Lutam para serem consideradas capazes assim como um homem
FEMINISMO NEGRO:
Lutam para serem consideradas mulheres, assim como as mulheres brancas são.

Links da semana XVII


- Vídeo receita: Bolinho de batata e queijo!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Todas as séries do meu mundo


#Breaking Bad #Chewing Gum #Grace and Frankie #Grey's Anatomy #How to Get Away With Murder #Love #Master of None #Modern Family #Orange Is the New Black #RuPaul's Drag Race #Stranger Things #The Get Down #The Leftovers #The OA #Todo Mundo Odeia o Chris

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Post culinário

Se tem uma coisa que eu não entendo muito tecnicamente é comida, nunca nem escrevi sobre. Mas se tem uma coisa que eu amo nessa vida é comer. Deus abençoe a comida. Ao mesmo tempo, me considero (e concordam) que sou meio chata pra comida.
Vi uma enquete no BuzzFeed com a difícil missão de escolher uma entre 50 opções (eu acho, nem contei) de comidas brasileiras mais gostosas da história. Mas como isso é uma missão complicadíssima, não vou escolher um prato como melhor. Resolvi avaliar um por um, de 0 a 10 estrelas, ok? Então ok, vamos lá.


- Açaí  - te amo, açaí
- Feijão tropeiro 
- Pastel de feira  - 9 só se for de queijo com salada de repolho viu
- Feijoada 
- Beijinho  - sem cravo, por favor
- Acarajé 
- Abará (acrescentei na lista) 
- Salpicão  - todo Natal eu sou a responsável por fazer o salpicão na família
- Farofa 
- Pão com ovo 
- Macarrão com salsicha 
- Vinagrete 
- Torresmo 
- Arroz, feijão, bife e batata 
- Pudim 
- Miojo 
- Frango de padaria 
- X-tudo 
- Pato no tucupi - nunca comi
- Cuscuz paulista - nunca comi e tem cara de ruim
- Buchada de bode - nunca comi e tem cara de ruim
- Tapioca  - de palmito com queijo e oregano, banana com queijo e carne do sol/charque ou banana com queijo e leite condensado, adoro
- Salada de maionese 
- Cuscuz  - com carne do sol/charque é maravilhoso. mas também adoro com banana, queijo ou leite de coco e leite em pó
- Carne do sol 
- Dogão 
- Estrogonofe 
- Churrasco  - muita picanha e pão de alho, por favor


- Pão de queijo 
- Pão delícia (acrescentei na lista)
- Queijo coalho na brasa 
- Geleia de mocotó - nunca comi e prefiro não experimentar
- Vaca atolada 
- Galinha ao molho pardo 
- Paçoca 
- Coxinha  - com muita massa e menos recheio e sem catupiry
- Pamonha 
- Barreado - não sei nem o que é
- Virado à paulista - nunca comi
- Maniçoba 
- Arroz de carreteiro 
- Bolo de rolo - nunca comi, mas adoraria
- Mandioca frita 
- Bolinho de chuva - nunca comi
- Brigadeiro 
- Tacacá - nunca comi
- Empadão goiano - não sei do que se trata
- Sarapatel 
- Dobradinha (acrescentei também) 
- Pavê  - amo pavê e vou defendê-lo
- Moqueca 
- Galinha com pequi - nunca comi e prefiro não comer
- Sanduíche de mortadela